Blog / Pediatria

Médico Pediatra Oromar Suertegaray fala sobre os 42 anos de atuação em Ibirubá

29/01/2020

11:30:00

No dia 28 de fevereiro, o Dr. Oromar Vasconcellos Suertegaray completa 42 anos de dedicação à pediatria na comunidade ibirubense. Natural de Quaraí/RS, criado no interior do pampa gaúcho, sofreu durante sua infância a ausência de assistência médica, carecendo de tratamento para alergia respiratória e para uma severa doença que o manteve temporariamente impossibilitado de caminhar. O passado difícil o motivou a cursar Medicina, com o objetivo de levar assistência médica para comunidades que não dispunham de profissionais para atender a população. Graduou-se pela Universidade de Santa Maria em 1975. Durante o estágio da faculdade, realizou o atendimento de uma criança que sofria de desnutrição e nem sorria mais. Com o tratamento, presenciou ela vencer todas as barreiras de saúde, até voltar a sentar, engatinhar, andar e sorrir! E isso motivou sua escolha pela especialização. Em 1978, o Dr. Oromar concluiu a residência em pediatria pela USP de Ribeirão Preto/SP.

 

Tão logo obteve o diploma de especialista, foi convidado para trabalhar em Ibirubá, no Hospital Santa Helena. O convite partiu do Dr. Orsini Guterres e da Cotribá. Motivado em oferecer a especialidade em um município que não dispunha de um Pediatra, o Dr. Oromar se desafiou a construir a carreira médica e também a própria família. “Fui criado em uma cidade do interior sem pediatra. Sempre achei importante e defendi a nossa presença em todas comunidades para ajudar no desenvolvimento das crianças”, ressalta Oromar.

 

Junto à comunidade ibirubense, o Dr. Oromar construiu sua família. Casou-se com a cirurgiã-dentista Maria Cecília Ravanello Suertegaray, e o casal teve três filhos: Raquel, que é psicóloga com especialização em crianças e adolescentes, sócia-proprietária da Escolinha Infantil Pirlimpimpim em Porto Alegre; Gustavo, médico radiologista com especialização em Neurorradiologia, trabalha na empresa Dix de Santa Maria e no Hospital Universitário da UFSM; e Guilherme, especialista em Qualidade, que trabalha no Rio de Janeiro prestando consultoria à empresas em todo o país, principalmente em São Paulo e Belo Horizonte.

 

Ao longo dos mais de 40 anos de trabalho em Ibirubá, construiu uma reconhecida carreira médica. Foi responsável por instituir o atendimento pediátrico em sala de parto no município, o que hoje é garantido por legislação específica do Ministério da Saúde, reconhecendo a fundamental importância do pediatra para acompanhar os primeiros momentos de vida do bebê. Desenvolveu inúmeros trabalhos de conscientização sobre a importância do aleitamento materno. No ano de 1992, participou da fundação da Unimed Alto Jacuí, se tornando o primeiro presidente da cooperativa.

 

Milhares de crianças de Ibirubá e também de municípios vizinhos que buscam atendimento na cidade tiveram seu crescimento acompanhado pelo Dr. Oromar. Seus registros de consultório registram o atendimento de mais de 10 mil pacientes, mas a quantidade de crianças atendidas é ainda maior, pois estes registros não contabilizam os atendimentos feitos na rede pública de saúde, onde começou a atuar em 1980.

 

Outra marca do Dr. Oromar é sua atuação social e comunitária. Praticante e incentivador dos esportes em geral, atua há anos na diretoria do Clube Colibri, desenvolvendo atividades desportivas. Por seis anos, no início da década de 1990, atuou na ASIF, sendo médico responsável da equipe e incentivando a iniciação de crianças no esporte como diretor da associação. Com a retomada da ASIF, continua atuando na associação, acreditando na importância do esporte para incentivar uma vida mais saudável para crianças e adolescentes.

 

Atualmente, o Dr. Oromar realiza atendimento pediátrico em seu consultório e junto ao Hospital da Comunidade Annes Dias, onde também atua no acompanhamento em sala de parto. É o atual presidente da Unimed Alto Jacuí. Sua atuação na comunidade o levou a receber o título de Cidadão Ibirubense, concedido pela Câmara de Vereadores de Ibirubá no final de 2019.

 

Uma das minhas maiores prioridades como médico é conscientizar os pais a darem total atenção aos chamados ‘1.000 dias de Ouro’ no desenvolvimento da criança (período que compreende desde o pré-natal até os 2 primeiros anos). É nesta fase que podemos fazer a programação metabólica da criança e prevenir sua saúde física e mental para a vida toda. E assim, proporcionar ambiente saudável para seu desenvolvimento pleno e feliz”! declara o pediatra.

Informações

  Dr. Oromar Vasconcelos Suertegaray - CRM/RS 9.062

Fotos do Post